Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pedido especial

por Clara, em 29.05.15

Exmos. Srs. Administradores de sites de hotéis, resorts, agências de viagens e afins,

dá para fazerem o especial favor de retirar a música de fundo da vossa página na internet, dá, dá?

Eu posso estar deseperadinha por férias mas vou continuar a fechar imediatamente o vosso site enquanto não retirarem essa puta dessa música, toda zen e coisa e tal. Porquê, senhores, porque é que insistem nisso?

Coisinha tão irritante!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Do campo

por Clara, em 12.05.15

Estou aqui verdadeiramente revigorada, após um fim-de-semana maravilhoso em pleno Alto Minho. Podia descrever agora onde estive alojada, falar-vos das maravilhas do turismo rural e da simpatia com que me acolheram, o que degustei e visitei mas, como os custos foram suportados por mim, não me apetece fazer campanha publicitária gratuita (o meu estatuto de bloguer é fraquinho, fraquinho, fraquinho, fazer o quê?!).

Pronto, agora que já perceberam o quão apurado está hoje o meu humor, deixo-vos com uma dica: vale muitíssimo a pena explorar e conhecer o Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Do trânsito

por Clara, em 05.05.15

Alguém barafusta convosco porque fizeram qualquer coisa gravíssima (só que não) como passar para a faixa da esquerda sem dar o pisca. Levam com sinais de luzes da condutora que, irritadíssima, faz questão de usar também a linguagem gestual para vos recriminar, passando as mãos à frente dos olhos para um lado e para o outro, como quem diz tu não vês nadinha!!! E o que é que vocês fazem? Vocês retribuem, mandam a senhora para o car****, porventura, encostam o carro à espera dela e ...

Conselho de amiga (já que estamos numa de dar conselhos), optem por fazer melhor, mandem-lhe beijinhos, muitos beijinhos e digam-lhe adeus, adeus, adeus, acenando com a mãozinha, e enviem-lhe um último beijinho bem repenicado. Vão à vossa vida, ainda a cantarolar a música que passe na rádio e bem dispostinhas, como se quer.

Eu experimentei e juro que, a partir de agora, não quero outra coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Viajar na estrada e no tempo

por Clara, em 09.03.15

Odeio as filas de trânsito com todas as minhas forças, o que não implica que não goste de conduzir. Reclamo e recrimino-me pelo tempo que gasto ao volante, nomeadamente, no trajecto casa-trabalho e vice-versa, o que não me impede de usar essas horas para fazer algo muito últil como pensar, pensar e pensar. Consigo abastrair-me ao ponto de fazer uma viagem e chegar ao destino sem me lembrar dela.

Sou uma pessoa de memórias, que revive o passado um sem fim de vezes e é nessas viagens que abuso desse estado. Passo os olhos pelo presente e, depois, fico ali a fantasiar o futuro, a projectar a minha vida, o meu trabalho, o meu casamento, o(s) meu(s) filhos(s)... Uma viagem longa, como veêm, esta que faço diariamente, na estrada e no tempo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje voltas para casa

por Clara, em 15.12.14

Isto da emigração é uma merda, não há outra maneira de o descrever. Cresci com o meu pai emigrado e agora tenho um irmão que se aventurou por esse mundo fora. E a distância é proporcional à saudade, tem quilómetros e mais quilómetros e dói, acreditem que dói.

Adoro as chegadas. Odeio as partidas.

Na verdade, a chegada é quase sempre tão comovente quanto a partida mas a comoção é de felicidade e ansiedade que daquela porta saias tu, com esse cabelo grisalho, boné e calças largas. Aposto que é assim que vens, com esse estilo inconfundível.

Hoje não estarei no aeroporto para te receber, e logo eu que adoro esse místico local onde se chora e ri com a mesma facilidade, mas estarei em casa para abraçar-te e sentir o quão é maravilhoso ter-te de volta.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

De Paris

por Clara, em 28.10.14

Adorámos a viagem.

 

Conhecemos a Tour Eiffel, o Trocadéro, o jardim de Champ-de-Mars, o Arc de Triomphe, a Avenue des Champs-Élysées, o Louvre...

 

Caminhámos imenso e, para além das viagens de metro e comboio que ajudaram a chegar mais rapidamente a alguns pontos, concluímos que dois dias não são, nem de perto nem de longe, suficientes para conhecer Paris, uma cidade absolutamente maravilhosa.

 

Ficámos com o desejo de regressar, quem sabe no próximo ano e a três.

 

Pagámos 2.80€ por um café, mas nem por isso perdemos o desejo de voltar.

 

Vimos gente de vários cantos do mundo.

 

Na generalidade achámos os franceses um povo simpático e disponível (e preocupados com a imagem. Não vimos uma única mulher sem maquilhagem, juro!)

 

Estamos de regresso a casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Paris

por Clara, em 23.10.14

aqui vamos nós... Oh yeah!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Amar-te em Paris

por Clara, em 24.09.14

Comprei duas passagens aéreas para Paris. Espera-nos um fim-de-semana prolongado, mais lá para o final do próximo mês, para celebrar uma data muito importante nas nossas vidas. E para celebrar a vida, a minha. E para celebrar o amor, o nosso.

Será o primeiro programa a dois desde o nascimento do nosso bebé (que até já fez 1 ano) e eu estou verdadeiramente entusiasmada com esta viagem. Precisamos tanto redescobrirmo-nos...

Autoria e outros dados (tags, etc)


A escrita é o meu espelho e, se querem saber mais sobre mim, basta que consigam ver-me para além dele.

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D




Pesquisar

  Pesquisar no Blog