Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olho para o relógio e vejo o ponteiro a passar as dezanove. Percebo que deixei os meus filhos no infantário durante longas onze horas e isso traz-me a pior das sensações, a culpa! Não vivo sozinha este drama mas isso não me serve de conforto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

O meu filho, com o ar mais natural do mundo, ontem contava-me ontem que um colega do jardim lhe deu um pontapé.

- Mamã, queres saber uma coisa da escola?

- Quero, claro.

- O R. deu-me um pontapé porque queria passar à frente.

- Hum, e tu o que fizeste?

- Nada.

- Mas, filho, tu tens que te defender!

Nem sempre foi este o meu conselho, primeiramente dizia-lhe para chamar a educadora ou auxiliar. Depois, eu própria falei com elas, mas ao que parece a situação mantém-se, pelo que não me resta alternativa a não ser incentivá-lo a dar o troco.

E ele está a levar a sério, talvez demasiado a sério. Voltando à nossa conversa, quando lhe disse para se defender, o miúdo (no alto dos seus 4 anos) diz-me isto:

- Está bem, mamã. Amanhã vou levar uma faca para lhe cortar o pescoço!

Fez-se silêncio...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rumo ao 36

por Clara, em 28.09.17

Não tarda está aí o meu aniversário. O que eu gosto de fazer anos! 36 anos é uma idade bonita e, muito embora o número possa já parecer pesado, sinto-me bem nesta casa dos trinta, com a excepção de uma porcaria que me anda aqui a consumir os nervos.

Ao que parece, tenho tendências para a hipotensão e começa a ser frequente sentir o meu corpo a desfalecer, o que deverá andar muito próximo de um desmaio (ainda não aconteceu efetivamente). Nessas alturas, em que as tonturas, os tremores e um paladar estranho na boca tomam conta de mim, fico com medo de morrer, parva que sou. Isso não vai acontecer assim, não agora que tenho 2 crianças para ver crescer, penso depois. Mas na hora, naquela hora...

Fiz uns exames que monitorizaram durante 24 horas a pressão arterial e a frequência cardíaca. Toda eu me tornei numa espécie de robocop, a sentir o braço esmirrar de 20 em 20 minutos e não foi bom. Se os resultados ajudarem a perceber o que se passa comigo, aí já digo que foi muitíssimo bom.  

Voltando ao início, faço anos dentro em breve e o meu mais velho até já escolheu a decoração do bolo de aniversário. Aposto as fichas todas em como será um estrondoso sucesso, "um bolo dos PJ Masks"! Faço 36 anos, tem tudo a ver! 

 

Nestas contas, um dia depois de levar uma mão cheia de golos, espero que o meu Benfica ande um número à frente! #rumoao37

Autoria e outros dados (tags, etc)

Levámos o mais velho ao circo. Um circo já com alguma dimensão e muito aparato, e que "prometia" justificar o preço que pagámos pelos bilhetes (até a criança de 3 anos pagou)!

O espectáculo começou com o domador e os seus três tigres. Quando acabou o número ficámos todos a assistir a uma cena muitíssimo deprimente, não posso chamar-lhe outra coisa. 

Entraram três homens para retirar o gradeamento de segurança que rodeou o palco durante a presença dos tigres. Cada um dos homens transportou, uma por uma e por diversas vezes, grades que tinham o triplo da sua altura, num esforço bem visível aos nossos olhos, já que cambaleavam imenso e até paravam para evitar uma queda. O domador, que à partida será o dono daquela parafnália toda já que se dá pelo nome do Circo, gritava para os homens "Vamos, vamoooooos", exactamente no mesmo tom que gritara antes com o tigres. E ali, parado, aos berros, em momento algum ajudou aquelas pobres almas a carregar a porcaria das grades encostadas aos ombros. 

Digo-vos, que vontade de levantar e sair naquele momento. Não o fiz pelo meu miúdo que, como é óbvio, estava numa excitação para ver o "circo". Já eu, garanto, Circo Cláudio, não obrigada!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Durante esta semana, no hall de entrada da creche/JI dos meus filhos está:

à direita, uma grande caixa onde se pode doar ração para o canil da localidade;

à esquerda, uma mesa com a roda dos alimentos, onde frutas e verduras se estregam de dia para dia.

E é só isto que tenho hoje para vos dizer!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Isto é tudo muito bonito

por Clara, em 18.10.16

Eu queria muito, mas mesmo muito, ter discernimento para escrever. A privação do sono está  a dar cabo de mim! Em desespero, já comprei um livro que promete ensinar a cria a dormir. Ansiosa que chegue a solução milagrosa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Voltei, voltei

por Clara, em 21.09.16

Já dizia o Dino Meira, "voltei, voltei. Voltei de lá. Ainda ontem estava em França. E agora já estou cá" (ora pesquisem no youtube)!

Por acaso não estava em França, mas ausentei-me durante uns meses para gozar férias, vejam lá. Mentira. Licença de maternidade não é sinónimo de férias, mesmo! Mas é maravilhoso à mesma. Dias a fio privada do sono, amamentar a cria, muito colo (tenho as costas irremediavelmente lixadas), muito mimo, trocas infinitas de fraldas, os primeiros sorrisos, puxões de cabelos, várias consultas e vacinas (caríssimas, as não comparticipadas pelo SNS), os primeiros dentinhos, sopas e papas... Pronto, já parei. 

Como veem, faço um mix do bom e do menos bom. Afinal, é assim que vejo as mais de 4000 horas dos últimos 6 meses que passei com pequeno pimpolhinho, que tornou a minha vida ainda mais colorida e feliz.

 

E vocês? Tiveram saudades minhas? Sei que sim!

 

PS: Vou esforçar-me muito por escrever corretamente o novo português. Agora que não há volta a dar ao acordo, que remédio temos nós a não ser redimirmo-nos às evidências e fazer boa figura, que é como quem diz, não pontapear a nossa língua com erros ortográficos. Prometo tentar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alguém conspirou contra mim

por Clara, em 03.11.15

O trabalho acalmou, e uma pessoa pensa, ai que bom que vou poder relaxar um pouco. Pimbas! Obras (à força) no apartamento, obrigatoriedade de rumar à casa dos pais por ser impossível conviver com tamanha revolução de empreiteiros, carpinteiros e afins, e ainda um filho doente.

Hoje é terça e eu já suplico pelo fim-de-semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estão a ver a razão do amor desmedido pelos meus sogros?

Tenho mais esta para juntar à colecção já tão vasta: inicialmente, recusaram o convite para a festa de aniversário do neto, disseram que não! Verdade! Disseram que não por estarem doentes ou coisa assim? Nah, nah, nah, nah, disseram que não só porque sim. Confusos? Também fiquei.

A uma semana da festa, disseram que afinal ainda pensariam no asssunto, até que lá decidiram marcar presença. A ver vamos, este domingo.

Tão queridos, não são?!

Autoria e outros dados (tags, etc)

O melhor de dois mundos

por Clara, em 06.08.15

Se os fóruns de mães & bebés são, por vezes, verdadeiras relíquias, os grupos de facebook não ficam nada atrás. E, sim, encontram-se por lá verdadeiras pérolas nisto de escrever "bom português". Agora, quando se erra o nome dos próprios filhos já é... olhem, nem sei... Ora, vejam:

Screenshot_2015-08-06-16-32-42.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A escrita é o meu espelho e, se querem saber mais sobre mim, basta que consigam ver-me para além dele.

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D




Pesquisar

  Pesquisar no Blog