Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Quem proteje as vítimas?!!!

por Clara, em 27.02.15

Venham cá dizer que é neo-feminismo e que não podemos apenas falar das mulheres que são vítimas de violência doméstica e que os homens ré béu béu pardais ao ninho...

Isto acontece! E não pode acontecer! A impunidade proteje estes vermes e não pode, NÃO PODE. Quem merece protecção são as vítimas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ala pediátrica do IPO

por Clara, em 25.02.15

A iniciativa partiu daqui e a ideia de doar 1€ por cada elemento lá de casa daqui

O cancro já bateu à "nossa" porta e "perdemos" a luta. Porquê as aspas? Porque eu era demasiado miúda para perceber o que se passava por ali. Porém, tenho na memória a última visita ao IPO do Porto, e os meu olhos não esquecem a imagem de uma tia quase irreconhecível, com quilos a mais e cabelos a menos. Tenho na memórias as lágrimas da minha mãe e dos meus avós e isso é o bastante para saber o quanto o cancro é avassalador. 

E, com crianças, a dor deve atingir o limite do suportável. É difícil de imaginar...

 

Aplaudo de pé esta iniciativa e partilho na expectativa de que possam ajudar também.

20150225122932338_0001.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Damien Rice

por Clara, em 24.02.15

Damien Rice integra o cartaz do NOS Primavera Sound.

A música do Damien dá cabo de mim. Oiço-a muitos décibeis acima de qualquer outra, porque é assim que sinto cada palavra e cada acorde. Tem um lugar muito especial no coraçãozinho de Clara, pois fez parte da banda sonora do casamento e não mais saiu da sua vida.

Não sei como será Damien Rice num festival de Verão, imagino-o num cenário mais intimista, de maneira que estou aqui numa dúvida existencial entre comprar ou não bilhetes. O Damien deve valer tanto a pena...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Do reencontro

por Clara, em 23.02.15

Fui pontual. Esperei por ela poucos minutos e à chegada um beijo e um abraço sentido mas breve. Eu imaginava um abraço demorado e apertado, com muitas lágrimas e lamentos, ao estilo de uma cena de filme, porquê é que nos perdemos, porquê?..., mas não, o local era público e foi talvez isso que nos intimidou. Deixamos a conversa fluir e durante uma hora e meia atropelámos assuntos. Falamos de nós, da barreira que se ergueu nas nossas vidas durante estes anos e que só agora conseguimos derrubar.

Fiquei a pensar, no regresso a casa, que perdemos tanto uma da outra! Tanto.

Que o tempo seja, desta vez, o aliado da nosso reaproximação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nervoso miudinho

por Clara, em 20.02.15

Estou a 24 horas de um reencontro imensamente desejado, fantasiado até. Passaram-se 8 anos, uma eternidade, caramba!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quando nem eles se entendem

por Clara, em 19.02.15

O mundo da maternidade está repleto de contrariedades. Mães pela primeira vez cheguem-se aqui à frente. É ou não verdade que, não raras vezes, nos deparamos com opiniões contraditórias sobre assuntos médicos e somos obrigadas a fazer uma espécie de pim-pam-pum?

Médico de família diz que sim, pediatra diz que não, enfermeira diz que nim.

Médico de família diz que não, pediatra diz que sim, enfermeira nem diz nada.

E estava aqui meia manhã a escrever sobre todas as possibilidades.

Gelo após as vacinas? Sim, sim, claro.

Afinal, não, li aqui.

Faço o quê, pim-pam-pum?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Carnaval

por Clara, em 18.02.15

No aconchego do lar, sem folia, músicas e disfarces. Só nos, a aproveitar estes momentos que dão tão mais sentido à nossa vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escritório ou Igreja

por Clara, em 10.02.15

Tenho a (in)felicidade de ter uma colega de trabalho que fala em modo sussuro. Fala baixinho, baixinho, baixinho e, pior, fala sozinha. Verdade seja dita, isso pode até ser vantajoso porque ninguém tem que levar com ela. 

Bom, fazia-me espécie quando chegava pela manhã e o seu "bom-dia" era inaudível mas, enfim, habituei-me e já não ligo.

Porém, ela faz lembrar a igreja e as senhoras que não conseguem rezar as suas orações em silêncio. E, isso sim, perturba-me, até porque estou em falta com Deus.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sou uma romântica

por Clara, em 10.02.15

presente está comprado, os bilhetes para o concerto do Abrunhosa estão impressos, resta esperar pelo sábado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quebramos o feitiço

por Clara, em 09.02.15

 

Chegámos à fala através de mensagens. Enchi-me de coragem, escrevi e carreguei no botão Enviar. E resultou. Ficou a promessa de um encontro em breve.

Nem sei o que esperar mas, ainda assim, espero ansiosamente.

Durante todos estes anos imaginei o reencontro, questionei como seria se a nossa amizade não se tivesse perdido, se seria possível retomar uma ligação quebrada durante tanto tempo, se ela pensaria tanto em mim quanto eu nela... Isto de se ter uma irmã de coração durante mais de 20 anos e perdê-la durante 8 é coisinha para nos tirar o sono, atentem no que vos digo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



A escrita é o meu espelho e, se querem saber mais sobre mim, basta que consigam ver-me para além dele.

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D




Pesquisar

  Pesquisar no Blog