Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olho para o relógio e vejo o ponteiro a passar as dezanove. Percebo que deixei os meus filhos no infantário durante longas onze horas e isso traz-me a pior das sensações, a culpa! Não vivo sozinha este drama mas isso não me serve de conforto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

O meu filho, com o ar mais natural do mundo, ontem contava-me ontem que um colega do jardim lhe deu um pontapé.

- Mamã, queres saber uma coisa da escola?

- Quero, claro.

- O R. deu-me um pontapé porque queria passar à frente.

- Hum, e tu o que fizeste?

- Nada.

- Mas, filho, tu tens que te defender!

Nem sempre foi este o meu conselho, primeiramente dizia-lhe para chamar a educadora ou auxiliar. Depois, eu própria falei com elas, mas ao que parece a situação mantém-se, pelo que não me resta alternativa a não ser incentivá-lo a dar o troco.

E ele está a levar a sério, talvez demasiado a sério. Voltando à nossa conversa, quando lhe disse para se defender, o miúdo (no alto dos seus 4 anos) diz-me isto:

- Está bem, mamã. Amanhã vou levar uma faca para lhe cortar o pescoço!

Fez-se silêncio...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estou aqui num misto de excitação e raiva porque, às tantas, desgastei uns botões do teclado com as 13458 tentativas de levar a bom porto ESTA página.

Acredito mesmo que fui a derradeira pessoa a criar uma página do seu blogue no facebook. Vergonha!

E o que eu percebo disto?...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rumo ao 36

por Clara, em 28.09.17

Não tarda está aí o meu aniversário. O que eu gosto de fazer anos! 36 anos é uma idade bonita e, muito embora o número possa já parecer pesado, sinto-me bem nesta casa dos trinta, com a excepção de uma porcaria que me anda aqui a consumir os nervos.

Ao que parece, tenho tendências para a hipotensão e começa a ser frequente sentir o meu corpo a desfalecer, o que deverá andar muito próximo de um desmaio (ainda não aconteceu efetivamente). Nessas alturas, em que as tonturas, os tremores e um paladar estranho na boca tomam conta de mim, fico com medo de morrer, parva que sou. Isso não vai acontecer assim, não agora que tenho 2 crianças para ver crescer, penso depois. Mas na hora, naquela hora...

Fiz uns exames que monitorizaram durante 24 horas a pressão arterial e a frequência cardíaca. Toda eu me tornei numa espécie de robocop, a sentir o braço esmirrar de 20 em 20 minutos e não foi bom. Se os resultados ajudarem a perceber o que se passa comigo, aí já digo que foi muitíssimo bom.  

Voltando ao início, faço anos dentro em breve e o meu mais velho até já escolheu a decoração do bolo de aniversário. Aposto as fichas todas em como será um estrondoso sucesso, "um bolo dos PJ Masks"! Faço 36 anos, tem tudo a ver! 

 

Nestas contas, um dia depois de levar uma mão cheia de golos, espero que o meu Benfica ande um número à frente! #rumoao37

Autoria e outros dados (tags, etc)

A "distâncianet" que nos separa

por Clara, em 22.09.17

Gosto de afectos! Sou de mimos, de toque, de presença, de coração aberto e preocupado com tudo e com todos os que me dizem respeito.

Sou de telefonemas, de mensagens, de palavras, e até de imagens, mas dirigidas à pessoa e não ao mundo inteiro.

E, cada vez mais, sou de contacto directo, de beijos, de abraços apertados que quase cortam a respiração.

O mundo virtual dá um pontapé nisto tudo e transforma as pessoas em frases soltas e em fotografias com filtros! Tenho uma das minhas pessoas a viver a anos luz de distância. São muitos os quilómetros que nos separam, mas toda a gente diz "hoje é fácil ser emigrante, com a internet..." Não há dia que não tenha notícias dela, verdade, mas as notícias não são para mim porque não é comigo que ela fala. Ela comunica através da partilha de frases feitas e de fotos a fazer boquinha de pato. Nem em dias especiais ela abandona as redes sociais. De que me serve um parabéns escritos com letra bonita e olhos em forma de coração? "Saudadesssssss", escreveu ela, num post que já conta com muitos likes

Eu gosto de afectos, já disse?! E preocupo-me, e sofro, e carrego os problemas dela, e tento resolver, e ajudo, e estou lá quando chama.

Nem o telefone tocou em dia de aniversário...

Primeira resolução para 2018. Eu, em primeiro lugar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas avulsas que retenho, até à data, da campanha eleitoral:

- ele há brindes para todos os gostos, há bolas, baralhos de cartas, canetas...

- ele há fotografias comoventes a abraçar os velhinhos...

- ele há flutes de espumante na mesa de uma candidata à junta de freguesia, na inauguração da sede da campanha...

(em construção)

 

Nota: Sintam-se à vontade para contribuir com as vossas impressões.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Músicas que falam por mim #4

por Clara, em 27.06.17

"Ali
Eu soube que era amor para a vida toda
Que era contigo a minha vida toda
Que era um amor para a vida toda"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tenho medo das palavras

por Clara, em 23.06.17

Expresso-me melhor a escrever do que a falar, digo eu que, às tantas, não faço bem nem uma coisa nem outra.

Tenho uma pessoa de quem gosto muito a precisar de um "vai tudo correr bem" ou um "vai dar certo"... Uma amiga, que é também colega de trabalho, relativamente recente minha vida, está a passar por momentos complicados, por uma fase menos boa.

Eu, tão magoada que fui nestas coisas da amizade, quero ter a capacidade de não catalogar toda a gente na mesma categoria, e mostrar a essa pessoa que lhe dou a mão, e o braço se também for preciso.

Eu que, ao longo dos últimos anos, quis manter um distanciamento confortável nas ligações que criei com colegas de trabalho, deixei que desta vez fosse diferente. Não posso não alimentar uma amizade só porque tenho medo. E, portanto, o meu receio agora passa por não ter a palavra certa, no momento certo, porque nisto das palavras eu não sou a melhor. Conforta-me saber que estando eu no seu lugar, o silêncio no colo de uma amiga seriam o bastante para me sentir melhor.

Com isso, com essa presença, os que preenchem o meu coração poderão sempre contar! Ela não será excepção...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pedrógão Grande

por Clara, em 22.06.17

Estive em Fátima no sábado. Cheguei ao final da tarde, com um calor tremendo e um ar sufocante. Enquanto jantávamos, olhávamos a escuridão no horizonte. O empregado de mesa dizia-nos que "quando vem daquele lado, é chuva na certa". Enganou-se! Enganámo-nos todos, saberíamos depois.

Seguimos para o Santuário (com o carro já coberto de faúlhas de um "qualquer" incêndio, presumíamos) e por lá ficámos até bem perto das 0h00. Só no regresso ouvimos as notícias que davam conta de mortes num incêndio em Pedrógão Grande. 19, diziam. Mortes? 19 Mortos???

No dia seguinte, 40, 50... 60!

Inacreditável...

(Aquela escuridão... O ar sufocantes... as faúlhas...)

Morreram 64 pessoas, vítimas de um incêndio!!!

E nada falhou? Quanto mais leio, quanto mas vejo, quanto mais oiço, menos compreendo.

E ainda não desatei este nó na garganta...

Quando é que acordamos???

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Clara, em 07.06.17

Hoje o ambiente está tão pesado que temo pela vida da planta, que agora vive em minha secretária, coisa mais fofa da mamã.

Eu bem que me esforço por trazer boas energias a esta casa - leia-se escritório - mas há dias em que a escuridão se abate sobre os colegas que comigo partilham um open space (upa upa, que isto dito assim fica quase bonito), e é uma carga de trabalhos lidar com eles.

Olhem, vou subir o som da rádio!

Autoria e outros dados (tags, etc)


A escrita é o meu espelho e, se querem saber mais sobre mim, basta que consigam ver-me para além dele.

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D




Pesquisar

  Pesquisar no Blog